Nachrichten - News - Noticias
 published: 2009-05-05

Maio: a ideia de que o mundo tem de ser salvo

Peregrinação das Famílias de Würzburg, Alemanha, empreendida no dia 1º de maio a Schoenstatt

 

Wallfahrt aus der Diözese Würzburg, 1. Mai 2009

Peregrinación de W ürzburg, 1 de mayo de 2009

Pilgrimage from the diocese of Würzburg, May 1, 2009

Wallfahrt aus der Diözese Würzburg, 1. Mai 2009

 

Pfr. Josef Treutlein bei der Predigt  

El P. Josef Treutlein durante la prédica

Fr. Josef Treutlein during the sermon

Pfr. Josef Treutlein bei der Predigt

 
Band  

Coro

Choir

Band

 
Segen im Urheiligtum  
Segen im Urheiligtum  

Bendición en el Santuario Original

Blessing in the Original Shrine

Segen im Urheiligtum

 
Ausgesandt...  

Envío

Sent forth...

Ausgesandt...

Fotos: K. Fischer © 2009

Álbum de fotos – photo album – Fotoalbum

 
 

SCHOENSTATT, mkf. O mês de maio é o mês mais belo do ano. O verde fresco dos prados, o desabrochar dos botões, a florescência exuberante, o odor das flores, o sol primaveril – tudo isso me toca. Em mim desperta-se a ideia de que o mundo, além da perversidade e do caos, tem de ser salvo... Uma entrada original para o exercício espiritual "Hora de Maria" na tarde do dia 1º de maio, quase no término da peregrinação das famílias de Würzburg, Alemanha, empreendida a Schoenstatt. O tempo, o ambiente quase mediterrâneo ao redor do Santuário Original com muitos peregrinos alegres e tranquilos, passeantes e visitantes, o tranquilo decurso da peregrinação - tudo isto que fora aqui vivenciado tornou-se solo de ressonância para esta mensagem, que, como por si, foi refletida e vivenciada conjuntamente em vista da criatura mais bela, Maria Santíssima, assim quanto da ideia de que o homem, além da perversidade e do caos, tem de ser curado – e pode ser curado, ao aproximar-se da Santíssima Virgem Maria.

Com a saudação cordial de boas-vindas e com a enumeração de todos os lugares de proveniência dos peregrinos – alguns deles já haviam chegado na véspera – teve início a celebração da Santa Missa desta peregrinação com a presença de quase 800 pessoas vindas do bispado de Würzburg e imediações, empreendida neste 1º dia de maio a Schoenstatt. A animação litúrgica desta Celebração Eucarística ficou a cargo de um pequeno grupo musical sob a direção de Carolina Ankenbauer, entoando cânticos briosos e meditabundos. E excelente fora outrossim o cântico de saudação das crianças, vivamente dirigido pela ir. M. Elka, superiora de Marienhöhe, Würzburg: "É simplesmente fantástico, tua presença aqui!"

O que homens podem suportar sem se deixar alquebrar

Pessoas há, no dizer do paro. Treutlein na homilia desta celebração, que apesar das circunstâncias adversas, irradiam um otimismo que causa admiração a outrem. Segundo o apóstolo são Paulo, nós homens trazemos um tesouro em vasos de argila, havendo amiúde muito que suportar, de modo que, por vezes, perguntamo-nos, ao lançar um olhar retrospectivo para o ocorrido, como conseguimos suportar esta ou aquela situação. Neste contexto a psicologia fala de resiliência. Que pode um indivíduo suportar sem com isso se deixar alquebrar? E que diferenciam os indivíduos que revelam ser possuidores de elevadíssima resiliência?

O que o Pe.Kentenich vivenciou – desde a infância sem a presença do pai, passando pelo Campo de Concentração de Dachau, Alemanha, até o exílio em Milwaukee, Estados Unidos da América, haveria sido o suficiente para torná-lo um indivíduo esquisito, retirado, sínico ou crítico. Porém permaneceu o pai e fundador, otimista, empreendedor e desperto para coisas do Alto, de uma família internacional. À retaguarda de tudo isso, assim diz o paro. Treutlein, encontra-se o "segredo da talha".

Já no ônibus os peregrinos tomaram conhecimento a respeito deste segredo, e encheram as talhas com intenções e agradecimentos. Na procissão do ofertório levaram-nas ao altar, na confiança de que, tal como ocorreu em Caná, Jesus, a pedido de sua mãe, transforme a água em vinho.

A pesquisa de resiliência, segundo o paro. Treutlein, denomina como estratégia essencial para uma elevada resiliência, organizar contatos sociais, não sentir-se qual marionete do destino, desenvolver objetivos realistas, vencer a autocompaixão, ("Não sou eu a vitima; eu faço o sacrifício!"), apoderar-se da iniciativa e crer na própria competência.

"Terá Jesus talvez operado de surpresa o milagre em Caná, porque Maria Santíssima se apoderou da iniciativa?", assim pergunta o referido presbítero, causando com tais palavras certo sorriso geral entre os ouvintes. Se assim fosse, talvez tivesse assim pensado alguém, preparar-Lhe-iamos algumas surpresas...

Bênção no Santuário Original

Além das muitas atividades organizadas para passar o período de almoço no vale e no monte – com visitas guiadas, seminários e muito mais - algo fora perguntado com certa peculiaridade: a bênção no Santuário Original. Quer individuais, quer avós com netos e famílias, todos vieram e receberam uma bênção bem pessoal dada pelo paro. Treutlein. E, depois, bastava meramente olhar para os olhos e faces dessas pessoas para perceber o quanto isso lhes havia interiormente comovido.

A partir daqui

Transcorrida a "Hora de Maria" com a bênção eucarística, todos se dirigiram em procissão rumo ao Santuário Original, passando pelo verde fresco do prado e por debaixo das árvores em flor, para aí renovarem ou fazerem a Consagração a Nossa Senhora e para o envio de regresso ao cotio. O conteúdo das talhas foi consumido pelas chamas da fogueira; mais um cântico, e algumas palavras de despedida; e para a maior parte dos fiéis significou: partida dos ônibus!

Com a ideia de que o mundo tem de ser salvo... e outrossim o homem pode ser salvo em lugares santos, perto de criaturas santas.

Tradução: Abadia da Ressurreição, Ponta Grossa, Paraná, Brasil

Lied der Kinder

Canción de los niños

The children’s song

Lied der Kinder

 


 

Zurück/Back: [Seitenanfang / Top] [letzte Seite / last page] [Homepage]
Impressum © 2009 Schönstatt-Bewegung in Deutschland, PressOffice Schönstatt, all rights reserved, Mail: Editor /Webmaster
Last Update: 12.05.2009