Nachrichten - News - Noticias
 published: 2009-05-15

Enigma resolvido: a capelinha situada na aba do Forggensee, Alemanha

Irmãs de Maria reconhecem na Internet a capela "Maria à beira do caminho"

 

In der Kapelle im Schwangau, Deutschland

Interior de la capilla cerca de Schwangau, Alemania

Interior of the chapel in Schwangau, Germany

In der Kapelle im Schwangau, Deutschland

 

Außen sieht sie so aus

Exterior

Outside

Außen sieht sie so aus

 
Gut und liebevoll gepflegt ist sie, die kleine Kapelle  

Todo bien cuidada

All nice

Gut und liebevoll gepflegt ist sie, die kleine Kapelle

Fotos: Urs Schmidlin © 2009

 
   

SCHOENSTATT, mkf. Nossa Senhora de Schoenstatt, qual surpresa de férias: Em 30 de abril derradeiro schoenstatt.de publicou um artigo referente a uma capela que um casal suíço havia encontrado durante um passeio empreendido por um caminho desconhecido, por ocasião do período de férias em Allgäu, Alemanha. Qual a procedência desta capela? Quem se encontra à sua retaguarda? Qual é a história desta bonita capela, cuidada com tanto carinho? Mal haviam transcorrido duas semanas da publicação do referido artigo, o enigma desta capela encontra-se resolvido. E eis sua história!

Mediante as vilegiaturas das Irmãs de Maria de Schoenstatt, o sr.Fischer, o arquiteto da capela, travou conhecimento com elas na estação ferroviária, em Breitenberg, perto de Pfonten, Allgäu, Alemanha. Aí encontrava todos os anos as irmãs que passavam suas férias anuais na casa de repouso, situada em Nesselwang.

O referido senhor empreendia visitas às Irmãs de Maria em Nesselwang, onde veio a conhecer a réplica fiel do Santuário de Schoenstatt, situada na Rossbergstrasse 17, na aba da casa das irmãs.

Graças a seu terreno na aba do Forggensee, pôde há três anos realizar então seu plano de erigir uma capela sob o título: "Maria à beira do caminho", onde quis colocar um quadro da Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt. As Irmãs de Maria de Schoenstatt da Filial de Rottweil ofereceram-lhe o grande quadro octogonal da MTA. Assim, em maio do ano findo ocorreu a cerimônia da bênção com intensa participação da população. Outrossim as Irmãs de Maria que, nessa ocasião, se encontravam em Nesselwang gozando seu período de férias foram convidadas e marcaram presença na cerimônia da bênção.

O sr. Fischer planejou a forma da capela com muito amor e acompanhou a respectiva construção,sendo ele próprio, quem cuida da capela; abre-a de manhã antes de se dirigir para o trabalho e, no declinar do dia, termina sua jornada junto de Nossa Senhora, ao fechar a capela. No inverno, devido ao solo escorregadio, causado pela chuva e neve, havendo assim risco de alguém vir a escorregar, a capela permanece fechada.

Entre outrem, as Irmãs de Maria de Schoenstatt prestam outrossim seus préstimos com as Contribuições para o Capital de Graças.Todos estão cordialmente convidados a empreender uma romaria de Forggensee a Schwangau, para serem contemplados com muitas graças derramadas por intermédio da Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt.

E eis o relato da ir.M.Ester reexpedido para Schoenstatt na manhã de 15 de maio derradeiro pela ir. M.Lioba Ruprecht:

Já alguns dias antes, a ir. Maria Margarida, de Kösching, Alemanha, havia lido o artigo publicado e logo deu início às investigações. Ao mesmo tempo, encontrou um apontamento da ir. M.Teresa Schwärzer de inícios de junho de 2008, que, durante uma vilegiatura em Nesselwang, e, em companhia da ir. M.Ester, havia conhecido esta capela ainda em construção. Ambas se ofereceram para presentear uma imagem de Nossa Senhora de Schoenstatt.

Quase 150 pessoas participaram na cerimônia da bênção da capela "Maria à beira do caminho", ocorrida há um ano

A respeito da cerimônia da bênção, ocorrida em 30 de maio de 2008, ela escreve o seguinte: E eis que chegou finalmente o grande dia: 30 de maio de 2008. A bela capela de madeira estava concluída, cuja cerimônia da bênção ocorreu às 15:00h. Partimos de Nesselwang para a cerimônia da bênção em companhia de cerca de 20 irmãs, que se encontravam em período de férias. O caminho conduziu-nos seguramente ao destino, por outra, a Schwangau-Brunnen.

No local encontravam-se, ao todo, cerca de 150 pessoas; depois de haverem caído a caminho violentos aguaceiros, o céu rasgou-se, e brilhou o sol. A cerimônia teve seu início. Um grupo de homens entoou cânticos da região dos Alpes, dedicados a Cristo e a Maria Santíssima, entre os quais outrossim "Andachtsjoder". O paro. Gleich, de Schwangau efetuou a bênção eclesiástica aspergindo a capela, tanto o interior quanto o exterior, com água benta. Em sua alocução explicou o episódio do encontro de Maria Santíssima com sua prima Isabel, estabelecendo um paralelo com a capela, portadora do título: "Maria à beira do caminho". Este nome fora dado pelo próprio arquiteto da capela, sr.Fischer.

Contudo, apesar de ter sido uma bela e digna cerimônia, faltou-lhe ainda algo de importante: não houve menção alguma acerca de Schoenstatt nem de nossa imagem de graças. Assim, senti-me estimulada a falar algo a esse respeito. Expliquei o significado do título de nossa querida imagem de graças, partindo da origem do título em Ingolstadt, Alemanha, por intermédio do pe. Rem, até o Pe.Kentenich em Schoenstatt, ao mesmo tempo que o sr. Fischer a erguia para que todos os fiéis presentes pudessem vê-la. Nessa altura veio-me à memória a figura do apóstolo são Paulo, quando este descobriu em Atenas um altar dedicado ao "Deus desconhecido". Algo análogo ocorreu aqui. Nesta bela região devíamos anunciar a mensagem da "desconhecida Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt".

Tradução: Abadia da Ressurreição, Ponta Grossa, Paraná, Brasil

 


 

Zurück/Back: [Seitenanfang / Top] [letzte Seite / last page] [Homepage]
Impressum © 2009 Schönstatt-Bewegung in Deutschland, PressOffice Schönstatt, all rights reserved, Mail: Editor /Webmaster
Last Update: 26.05.2009