Nachrichten - News - Noticias
 published: 2009-02-17

Seu coração palpitou por Schoenstatt

Ir. Mirjana: uma schoenstattiana carmelita, uma carmelita schoenstattiana - Ainda assistiu ao lançamento da pedra fundamental do primeiro Santuário de Schoenstatt croata; porém a dedicação deste, acompanhar-la-á do céu

 

Schwester Mirjana, eine kroatische Karmelitin und Mitgründerin Schönstatts in Kroatien, starb am 2. Februar

 

La Hna Mirjana, Carmelita de Croacia y co-fundadora de Schoenstatt en Croacia, murió el 2 de febrero

Sister Mirjana, a croatian Carmelita Sister and co-foundress of Schoenstatt in Croatia, died February 2nd

Schwester Mirjana, eine kroatische Karmelitin und Mitgründerin Schönstatts in Kroatien, starb am 2. Februar

 

Schw. Mirjana im Kreis einer Familie

La Hna. Mirjana con una familia

Sister Mirjana with a family

Schw. Mirjana im Kreis einer Familie

 
Auf dem Weg zur Grundsteinlegung des Schönstattheiligtums in Kroatien  

Rumbo a la bendición de la piedra fundamental del Santuario de Croacia

On the way to the blessing  of the corner stone for the future Shrine in Croatia

Auf dem Weg zur Grundsteinlegung des Schönstattheiligtums in Kroatien

 
Bei der Grundsteinlegung  

Bendición de la piedra fundamental

Blessing of the corner stone

Bei der Grundsteinlegung

 
Zwei Mitgründerinnen: Schw. Mirjana und Hedwig Weinzierl  

Dos fundadoras: La Hna. Mirjana y Hedwig Wienzierl

Two co-founders: Sister Mirjana and Hedwig Weinzierl

Zwei Mitgründerinnen: Schw. Mirjana und Hedwig Weinzierl

 
Schw. Mirjana mit einem Hausheiligtumsbild  

La Hna Mirjana con un Santuario Hogar

Sister Mirjana with a Home Shrine

Schw. Mirjana mit einem Hausheiligtumsbild

 
 

CROÁCIA, Hedwig Weinzierl/mkf. Festa da Apresentação do Senhor, festa de Nossa Senhora das Candeias, 2 de fevereiro de 2009. Em Schoenstatt tem início a Conferência 2014, a jornada de planejamento do Movimento Apostólico de Schoenstatt, em preparação para o ano de graças de 2014 – 100 anos de Aliança de Amor. Entre os símbolos trazidos para o Santuário Original, quais sinais da corrente de graças e da vida da Aliança de Amor, irrompida em todos os continentes, encontra-se outrossim o símbolo da Croácia. "Cheios de alegria e gratidão conscientizamo-nos novamente de que o âmago da essência de nossa Família é a Aliança de Amor com Maria Santíssima. Este ato de fé discreto do Pe. Kentenich e de um pequeno grupo de soldados – o acontecimento de fundação de 18 de outubro de 1914, ocorrido no Santuário Original – continua a viver em nós em toda a sua vivacidade original. Com certa admiração constatamos como em todas as partes do mundo a profunda fé na realidade da Aliança de Amor com Maria Santíssima motiva e inspira nossas ações, como ela é a fonte de nossa fecundidade e a forma concreta de nosso seguimento a Cristo", assim irá falar e anunciar esta Conferência no término da semana, qual mensagem ao mundo dirigida: é isto que iremos celebrar em 2014. Em um Carmelo da Croácia regressa "à eterna terra de Schoenstatt" uma pequena carmelita com um enorme coração, poucos meses antes da dedicação do primeiro Santuário de Schoenstatt em sua pátria croata.

A ir. Mirjana Carmel DCJ (Carmelita do Coração Divino de Jesus) ouvira falar pela primeira vez acerca de Schoenstatt quando vivia e trabalhava na Filial de Slavonski Brod, Croácia. Depois de haver o paro. Marko Majstorović visitado o lugar de graças Schoenstatt e estabelecido vínculo com o Movimento Apostólico de Schoenstatt, o pe. Grill e o pastor Huesing visitavam-no reiteradamente; convidada para uma conferęncia a respeito de Schoenstatt, a ir.Mirjana deu como resposta: "Só nos faltava agora os alemães terem de explicar-nos o que é a devoção a Maria Santíssima ! Além disso, temos na Croácia nossos lugares de romaria dedicados à Santíssima Virgem Maria, mais belos e maiores!" E não participou da referida conferência. Como Nossa Senhora lhe conquistou depois o coração, isso permanece segredo dela. Em todo o caso, tal conquista deu-se de modo bem profundo.

Em 1975 o paro. Majstorović pretendia organizar em sua paróquia uma peregrinaçăo a Schoenstatt. Ao ver que "năo ia dar em nada", pois um inscrevia-se, e dois desistiam, a ir. Mirjana assumiu a organização da peregrinação, e a partir desse instante trabalhou tanto para a Família de Schoenstatt como poucos demais schoensttattianos croatas. Amiúde contava rejubilante como havia selado a Aliança de Amor no Santuário Original, podendo assim registrar seu nome no livro da Aliança do Santuário. Na Paróquia Divino Espírito Santo, Slavonski Brod, logo se iniciaram outrossim os encontros de oração "Hora da Aliança", encontros esses que até hoje são interruptamente mantidos. Para tal, ao longo de alguns anos a ir. Mirjana traduziu do alemão para o croata a Carta da Aliança, qual subsídio para estes encontros de oração.

Assim nos ardem os corações!

Logo em seguida, a ir. Mirjana foi transferida para a casa mãe, situada em Sittard (Países-Baixos) De Sittard deu outrossim assistência aos conterrâneos na Missão Croata de Aachen. É "evidente" que os conduzia para o Santuário Filial de Puffendorf, que se encontra nas proximidades. Antes de haver chegado o primeiro alemão para participar do encontro de oração "Hora da Aliança", o Santuário já se encontrava repleto de croatas.

Teve outrossim a permissão de deslocar-se algumas vezes a Schoenstatt. Uma irmã que a acompanhou na peregrinação de então a Schoenstatt narra que na procissão das velas o "copinho da vela" da ir. Mirjana começou a arder. Em face disso, ela exclamou rejubilante: "Assim nos ardem os corações!"

Várias foram as vezes que dizia que rezava para que sua fundadora, ir. Maria Theresa Tauscher, e o Pe.Kentenich fossem beatificados no mesmo dia. Em resposta à pergunta, por que razão assim o deseja, respondeu: "Meus superiores não me permitem ir duas vezes a Roma!" A beatificação da fundadora ocorreu em 2006 em Roermond, Países-Baixos, e a do Pe.Kentenich irá celebrar no céu.

Quando foi transferida para Zagreb pediu aos superiores a permissão de poder outrossim trabalhar para a Família de Schoenstatt, permissão essa que lhe foi concedida. As irmãs dirigiam um jardim de infância; no contato com os jovens casais, a ir. Mirjana falava-lhes a respeito da Família de Schoenstatt, sobretudo do Movimento das Famílias, de modo que muitos não conseguiram resistir a seu entusiasmo jovial. Ela é praticamente a fundadora da Família de Schoenstatt de Zagreb; cumpria suas obrigações de religiosa carmelita, mas trabalhava incansavelmente para a Família de Schoenstatt, empreendendo outrossim visitas aos lares de muitas famílias. Quando certa vez os superiores lhe chamaram à atenção de que devia ser sobretudo carmelita e não schoenstattiana, retorquiu: "Só sou uma boa carmelita, desde que pertenço a Schoenstatt.!"

Atravessando o trajeto vedado ao trânsito em companhia da irmãzinha irradiante de alegria, assentada ao lado do motorista

Durante o período do comunismo já existiam comunidades do Movimento Apostólico de Schoenstatt em diversos lugares da Croácia; essas, porém, nada sabiam a respeito da existência de cada uma delas. E isto por medida de precaução, a fim de não correrem reciprocamente risco. Quando, transcorrida a mudança de regime, o paro. Maurer fez em 19 de novembro de 1989 o primeiro dia de encontro em Ruma, a ir. Mirjana marcou presença, ainda que o percurso da viagem tivesse sido de 700 km; e a viagem de trem outrora era ainda um tanto menos agradável que hoje.

Já cedo lhe era claro que na Croácia deveria haver um Santuário de Schoenstatt. Ela própria chegou até mesmo encontrar um terreno em Zagreb, num magnífico lugar, situado nas encostas do Sjeme. O paro. Maurer havia vindo expressamente para ver o referido terreno; este, porém, não possuía os requisitos necessários para uma possível construção, como mais tarde se veio a verificar; e aceitou que se deveria dar continuidade na procura do terreno para o Santuário.

É evidente que a ir. Mirjana, outrora já contava com oitenta e cinco anos de idade, participou da coroação de Nossa Senhora junto ao altar original, em Slavonski Brod. O fato de haver sido feito o acesso ao ginásio, em que se realizou uma parte das festividades, mediante um caminho de pedestres de quase 1 km de comprimento, não constituiu problema algum para a ir.Mirjana se deslocar até o ginásio. A Polícia havia entretanto vedado tudo ao trânsito, de modo que nenhum carro podia transitar. A senhora Weinzierl pediu a ir. Mirjana que se sentasse ao lado do motorista. Com uma irmãzinha radiante de alegria não foi porém problema algum explicar a cada polícia que a referida irmã com mais de oitenta anos de idade queria impreterivelmente ir ao ginásio para participar das festividades e regressar de carro. E cada polícia encontrado ao longo do trajeto deixou-a passar.

Por ocasião do lançamento solene da pedra fundamental do Santuário de Mala Subotica, ocorrida no ano findo, a ir. Mirjana em companhia do bispo pôde deslocar-se de coche, da igreja até o terreno. Todos os que a viram alegraram-se com sua presença. Na dedicação do Santuário, a realizar-se em 22 de agosto próximo, a ir. Mirjana estará entre a Família Schoenstattiana croata, a partir do céu. E agora já não necessita de passar por rua alguma vedada ao trânsito.

Pelo Santuário da Croácia

Eis aqui uma breve menção de alguns de seus dados biográficos. A ir. Mirjana nasceu em 24 de abril de 1920 (no mesmo ano em que nasceu o Santo Padre, como costumava a dizer) em Kraljevici, Arquidiocese de Rijeka. Devido a difíceis condições locais, a família transladou-se para Zagreb. Seus pais, um irmão e uma irmã vieram, porém, logo a falecer, vitimas de tuberculose, uma doença incurável outrora. Ingressou na comunidade do Carmelo do Coração Divino de Jesus em 1941; em 1942 iniciou o período de noviciado em Zagreb, vindo a professar em 1943. Sua irmã mais nova, Jelena, ingressou outrossim nesta comunidade; além desta irmã , tinha um irmão jesuíta.

Nos últimos tempos foi-se sentindo cada vez mais debilitada, de forma que conscientemente se ia preparando para a morte. Sem embargo até o último suspiro manteve-se ativa em suas atividades de apostolado, refletindo e planejando.

Na Festa da Apresentação do Senhor no templo, Nosso Senhor veio buscar a ir. Mirjana para o seu templo celestial. Quando nesse dia muitos dos fiéis acendiam suas velas, nova luz foi acesa no céu.

Seis presbíteros, inúmeras carmelitas de diversos conventos e demais religiosas, assim quanto um número imenso de schoensttattianos participaram do funeral. Digno, movimentado, comovedor – como se pode descrever tal atmosfera? O céu colocou um sinal.

Mirjana e Nikica Neralić manifestaram o agradecimento da Família de Schoenstatt com palavras comovedoras que provocaram ainda muitas lágrimas a muitos dos presentes. Nas exéquias, celebradas, em seguida, no Carmelo, o capelăo desta comunidade proferiu as seguintes palavras: "Santa Teresinha". A ir. Mirjana era uma mulher com uma energia inverossímil até o derradeiro instante de sua vida; porém estava outrossim preparada para o encontro com o esposo.

A Família de Schoenstatt manifesta seu profundo agradecimento à ir.Mirjana pelo seu incansável empenho, assim quanto à comunidade do Carmelo por havê-lo possibilitado. Podemos incluir a ir. Mirjana qual sacrifício de construção vivo em prol do primeiro Santuário croata.

Em janeiro derradeiro ainda acresceram três sacrifícios. No Santuário situado nas abas da Casa Mariengart, uma unionista participou na primeira quinta-feira do ano da hora de oração mensal pelo leste da Europa, em que de modo particular se reza outrossim pelas intenções da Família de Schoenstatt croata. Na manhã seguinte faleceu a referida unionista. Duas unionistas bávaras que ao longo de décadas consideram o empenho pela Família de Schoenstatt croata e, nos anos derradeiros, pelo Santuário, qual principal apostolado delas, vieram outrossim a falecer. Assim, a Família de Schoenstatt croata certa está de que o Santuário, cuja dedicação ocorrerá em 22 de agosto próximo, festa de Nossa Senhora Rainha, estará alicerçado sobre alicerces fundos.

Tradução: Abadia da Ressurreição, Ponta Grossa, Paraná, Brasil

Inmitten der Schönstattfamilie Kroatiens

En medio de la familia de Schoenstatt de Croacia

Part of the Schoenstatt Family of Croatia

Inmitten der Schönstattfamilie Kroatiens

Fotos: Molnar © 2009

 


 

Zurück/Back: [Seitenanfang / Top] [letzte Seite / last page] [Homepage]
Impressum © 2008 Schönstatt-Bewegung in Deutschland, PressOffice Schönstatt, all rights reserved, Mail: Editor /Webmaster
Last Update: 03.03.2009