Nachrichten - News - Noticias
 published: 2008-12-30

O Peregrino novamente a caminho

O translado dos restos mortais de João Pozzobon

 

Überführung der sterblichen Überreste von Joao Pozzobon

O translado dos restos mortais de João Pozzobon

Traslado de los restos de Don João Luiz Pozzobon

The mortal remains of John Pozzobon are brought to their final destination

Überführung der sterblichen Überreste von Joao Pozzobon

 

Im Tabor-Heiligtum; sein Sohn und seine Töchter sind dabei

En el Santuario Tabor, con  su hijo y sus hijas

At the Tabor Shrine, with his son and two daughters

Im Tabor-Heiligtum; sein Sohn und seine Töchter sind dabei

 
Die Ur-Peregrina ist dabei  

En presencia de la Peregrina Original

The Original Pilgrim Mother is present

Die Ur-Peregrina ist dabei

 
Prozession  

Procesión

Procession

Prozession

 
Ein feierlicher Moment  

Un momento solemne

A solemn moment

Ein feierlicher Moment

 
Der Pilger Marias – aus seinem letzten Pilgerweg  

El peregrino de Maria... en su ultima peregrinación

The pilgrim of Mary – on his last pilgrimage

Der Pilger Marias – aus seinem letzten Pilgerweg

 
P. Argemiro beim Gebet

El P. Argemiro

Fr. Argemiro

P. Argemiro beim Gebet

Fotos: Ir.M. Rosequiel e  Ir. Glaucelei © 2008

Álbum de fotos – photo album – Fotoalbum

 

 

 

BRASIL, Ir M Rosequiel Fávero. Em junho de 1985, há 23 anos, João Luiz Pozzobon fazia sua ‘última romaria’, como ele mesmo escrevera no seu testamento espiritual. Com uma procissão da Igreja Nossa Senhora das Dores ao Santuário Tabor e, de lá, à capela Nossa Senhora das Graças, aconteceu o seu velório. Ele, que caminhara mais de 140 mil quilômetros com a imagem peregrina da Mãe e Rainha de Schoenstatt, queria que esta última homenagem também fosse uma peregrinação.

Aquela, porém, não seria a última caminhada do ‘peregrino de Maria’. No último domingo de 2008, 28 de dezembro, aconteceu o translado dos restos mortais do Servo de Deus João Luiz Pozzobon. De modo semelhante ao seu velório, a peregrinação incluiu os templos religiosos que marcaram a vida e a missão do ‘pobre Diácono e Peregrino João Pozzobon’, como ele mesmo gostava de se chamar: a Igreja Nossa Senhora das Dores, o Santuário da Mãe Três Vezes Admirável e a Capela Nossa Senhora das Graças.

A primeira estação deste itinerário de fé foi o Santuário de Schoenstatt de Santa Maria. Um pouco antes do horário previsto, a bela urna de madeira, sobre a qual pode se ver uma cruz da unidade e o nome de João Pozzobon, foi carregada pelos Schoenstatteanos, pelo portão central. O sino do Santuário repicava, como a dar voz à Mãe de Deus que recebia, com alegria, seu filho querido. No Santuário, aguardava-o a Imagem Peregrina Original, com a qual João Pozzobon peregrinou durante 30 anos. Mais uma vez, ela seria sua ‘companheira de peregrinação’, a partir do Santuário, nas celebrações deste dia especial.

Mãe e Rainha, quero sempre estar unido a teu Santuário

Algumas pessoas presentes recordaram como, ao longo de sua vida, ele chegava ao trono de sua ‘querida Mãezinha’: ajoelhava-se no chão, ainda antes de entrar no Santuário, para ‘colocar nas mãos da Mãe suas contribuições para o Capital de Graças’, para só então entrar. Quando a urna foi levada pelas escadarias até o Santuário, parecia que o próprio João, vinha – feliz – ao encontro da MTA. Quase se podia ‘escutar’ as palavras, registradas em seu diário: "Mãe e Rainha, quero sempre estar unido a teu Santuário. Só me sinto grande quando estou ajoelhado em teu santuário".

Seguiu-se um momento de profunda oração, onde foram recordados diversos testemunhos de João Pozzobon sobre a importância do Santuário e da espiritualidade de Schoenstatt para o seu caminho de santidade. Pouco a pouco, foram colocados alguns símbolos sobre a urna: imagens peregrinas, terços, fotos... como expressão da confiança de seus irmãos na Aliança em sua intercessão. Céu e terra, além e aquém se uniram no momento em que, a uma só voz, foi renovada a Aliança de Amor com a Mãe Três Vezes Admirável.

Novamente, nos braços dos schoenstattianos, a urna com os restos mortais de João Pozzobon e a Imagem Peregrina Original seguiram, em procissão, do Santuário até a segunda estação da peregrinação deste dia: a Igreja Nossa Senhora das Dores, onde foram recebidas pelo vigário, Pe. Francisco Bianchin, e por um grupo de paroquianos. Lá permaneceram, sempre custodiadas pelos membros do ‘Terço dos Homens’ e visitadas por muitos fiéis.

Às 19h foi celebrada a Santa Missa na Igreja matriz da Paróquia Nossa Senhora das Dores, presidida pelo Pe. Francisco Bianchin, que ressaltou o ‘trabalho de precisão’ da Providência, ao colocar o translado dos restos mortais de João Pozzobon justamente no dia em que a Igreja celebra a Festa da Sagrada Família. O grande ‘missionário da família’ deveria inflamar em cada um dos presentes um novo ardor missionário em favor da família.

Dom Hélio Rubert, oficiou a bênção do novo túmulo

Da Igreja Nossa Senhora das Dores, um grande número de carros partiu, em carreata, até capela Nossa Senhora das Graças, conduzindo a urna com os restos mortais de João Pozzobon e a imagem Peregrina Original. Numa celebração simples, com o ato oficial da causa de canonização, porém também familiar, o Bispo da diocese de Santa Maria, Dom Hélio Rubert, oficiou a bênção do novo túmulo. Comovente foi o momento em que os presentes puderam escutar a voz de João Pozzobon no gravador, que falava de sua entrega à missão e da grande alegria que tinha com ela. No final, enquanto o povo entoava cantos marianos (especialmente ‘Mãezinha do céu’), foram colocados no túmulo a caixa de acrílico lacrada com as roupas e objetos que estavam no caixão com João Pozzobon e a urna de seus restos mortais. Neste lugar, ele ficará temporariamente (até a beatificação); ali receberá a visita dos inúmeros peregrinos que, de perto e de longe, vêm ao seu encontro.

No rosto dos participantes havia uma expressão de grande alegria por tudo o que puderam vivenciar neste dia. ‘Um verdadeiro presente de Natal’, como alguém comentou. Resta, agora, com a causa quase finalizada na diocese, implorar a Deus pelo milagre para que, então, o ‘peregrino’ empreenda uma nova viagem, para Roma, rumo a sua beatificação.

 


 

Zurück/Back: [Seitenanfang / Top] [letzte Seite / last page] [Homepage]
Impressum © 2008 Schönstatt-Bewegung in Deutschland, PressOffice Schönstatt, all rights reserved, Mail: Editor /Webmaster
Last Update: 30.12.2008