Nachrichten - News - Noticias
 published: 2008-02-26

Deus espera pessoalmente por ti

Terço luminoso, curso de aperfeiçoamento para presbíteros, aniversário da morte da Ir. M.Lisann – dias movimentados em torno do Santuário-Original

 
Lichter-Rosenkranz in Schönstatt am 23. Februar 2008

Rosario Iluminado en Schoenstatt, 23 de febrero de 2008

Illuminated Rosary in Schoenstatt, February 23, 2008

Lichter-Rosenkranz in Schönstatt am 23. Februar 2008

Foto: POS Fischer © 2008

 

Fortbildungskurs für 45 Priester aus dem Bistum Erfurt mit Bischof Warnke und Weihbischof Hauke in Haus Marienau

Capacitación profesional para 45 sacerdotes de la diocesis de Erfurt, con Mons. Warnke y Mons. Hauke, en la Casa Marienau, Schoenstatt

Training course for 45 priests of the diocese of Erfurt, with Bishop Warnke and Auxiliary Bishop Hauke, at House Marienau

Fortbildungskurs für 45 Priester aus dem Bistum Erfurt mit Bischof Warnke und Weihbischof Hauke in Haus Marienau

 
Besuch am Grab Pater Kentenichs  

Visita en la tumba del Padre

Visiting Father Kentenich’s tomb

Besuch am Grab Pater Kentenichs

Fotos: Zillekens © 2008

 
Jahrgedächtnis für Schwester M. Lisann am 24. Februar  

Misa para la Hermana M. Lisann, 24 de febrero

Holy Mass for Sister M. Lisann, February 24

Jahrgedächtnis für Schwester M. Lisann am 24. Februar

 
Nach der Messe war Begegnung und Mittagessen in Haus Sonnenau  

Después de la Misa: Encuentro y almuerzo en la Casa Sonnenau para todos

After the Mass, there was an encounter and meal for all in House Sonnenau

Nach der Messe war Begegnung und Mittagessen in Haus Sonnenau

 
Lichter-Rosenkranz: diesmal waren Geschwister aus einer kroatischen Familie die Hauptakteure

Rosario Iluminado: esta vez, hermanitos croatos fueron los protagonistas

Illuminated Rosary: this time, young siblings from a Croatian family were the main actors

Lichter-Rosenkranz: diesmal waren Geschwister aus einer kroatischen Familie die Hauptakteure

 
Sie konnten beten& und verstanden es, zum Beten anzuregen  

Sabían rezar... y invitar a rezar

They knew how to pray... and to invite to pray

Sie konnten beten… und verstanden es, zum Beten anzuregen

Fotos: POS Fischer © 2008

Album de fotos

 

 

 

SCHOENSTATT, mkf. Quem tinha o intento de vivenciar uma das ofertas de âmbito espiritual na próxima jornada dos católicos alemães a se realizar em Osnabrueck, Alemanha, não necessitava de ir a Osnabruek para tal: o Terço luminoso é regularmente outrossim oferecido em Schoenstatt. É um exercício de piedade, oriundo da América Latina, que reúne todas as grandes intenções do mundo inteiro, assim como as coisas bem pessoais da vida de cada um, sob o título: Deus espera pessoalmente por minhas preocupações, pedidos, agradecimento e sofrimento. No Terço luminoso do dia 23 de fevereiro derradeiro haviam já sido previamente reservadas duas rosas e duas velas para os dois jovens que foram atingidos por um trem em Andernach, Alemanha, vindo ambos a perder a vida. E uma terceira, pelo maquinista.

Em uma rosa e em uma vela que se acende pessoalmente é levado ante Deus sob a prece de todos os presentes o pedido pessoal... De rosa a rosa, de vela a vela, de intenção a intenção vai surgindo uma coroa de rosas e velas luminosa, por outra, uma cadeia de solidariedade; o Terço luminoso é uma oração global; e, por isso, estão outrossim convidados todos os participantes de outras línguas para se apresentarem no próprio idioma; uma forma bem simples de rezar conjuntamente com pessoas de todas as nações, no lugar de peregrinação internacional de Schoenstatt. Desta vez, além da língua alemã, ressoaram os pedidos e a Ave-Maria nas línguas croata e inglesa; e os protagonistas deste Terço luminoso foram, não os membros do Conselho Paroquial de Ruesselsheim, Alemanha, que se encontraram no Monte Moriah para uma jornada fechada e que incluíram esta hora na programação, nem os participantes "regulares" de Vallendar, Alemanha, e imediações, mas crianças. Irmãos de uma família de nove filhos croata que vive na Alemanha e que recebe a Imagem da Mãe Peregrina; a mãe encontra-se novamente na Croácia onde travou conhecimento a respeito do Movimento Apostólico de Schoenstatt. Ao visitar os filhos na Alemanha manifestou o desejo de vir uma vez a Schoenstatt. Atraídos pelos cartazes, vieram participar do Terço luminoso. E sem a participação das crianças, este exercício de piedade ter-se-ia tornado talvez um tanto tenaz com a presença de grande maioria de "participantes que apenas escutam". Graças a sua simplicidade, as crianças, porém, estão mais próximas de Deus, mediante seu relacionamento pessoal e confiante com ele. "Vocês podem ajudar a entregar as rosas?" perguntaram aos dois mais velhos. Sem hesitação alguma, deram resposta afirmativa com a cabeça. "Que temos de fazer?" O menino sabe a resposta e diz à irmãzinha: "Talvez eles não saibam com se reza e se virem depois a rosa, vão querer..." Os mais novos organizaram-se entre si de quem seria a vez de entregar a rosa a cada um dos presentes que se dirigirem para a frente para rezar a ave-maria correspondente, com a menção da intenção; entusiasmados, correm zelosamente em direção das velas e as acendem. Uma imagem é porém impressa no coração dos presentes: com sorriso convidativo, a menina que nessa ocasião estava sozinha junto ao microfone fica esperando, esperando com uma rosa na mão por um dos fiéis presentes... Quantas vezes Nosso Senhor não espera com uma rosa na mão até que se tenha por fim o alento de ir ao encontro dele e dizer-lhe o que comove e oprime o coração, o que é árduo, o que ultrapassa os limites das forças humanas... E quantas vezes ele não espera em vão; e, no entanto, quereria dar tanto. "Para que nunca mais haja guerra, porque isso é horrível!" pede o filho mais velho desta família croata e "para que não nasçam crianças com muitas ou poucas pernas e braços!" Nos pedidos que primeiramente são apresentados pelos adultos de forma hesitante e que se vão tornando sempre mais fluentes, todo o cotio, toda a realidade da vida é novamente inserida na oração; preces pelas crianças que este ano irão fazer a Primeira Comunhão, pelos doentes em estado grave, pelo trabalho e pela educação, por uma casa para as Irmãs de Maria na Romênia, por um casamento em risco de separação, pelas noviças das Irmãs de Maria, cuja vestição ocorrerá no próximo domingo, pelos educadores e por todos aqueles que trabalham em asilos de idosos que,devido a falta de pessoal especializado, têm uma sobrecarga de horário de trabalho, pela senhora que na passada segunda-feira perdeu um importante encontro por causa da greve de aviso.

Outrossim os que nada disseram estavam presentes", assim disse Gabriela Sudermann. " Ainda me recordo bem quando há anos demos início a esta iniciativa que mal me vinha à memória o nome de alguém de meu meio por quem poderia rezar. Também nós tivemos de aprender a fazer uma introspecção de forma bem concreta, bem como levar assim pessoalmente a própria vida para a oração. É algo que dá todavia uma dimensão totalmente nova."

O próximo Terço luminoso ocorrerá no dia 5 de abril pelas 16:00h.

Curso de aperfeiçoamento para presbíteros de Erfurt, Alemanha

De 18 a 22 de fevereiro derradeiro, ocorreu na Casa dos Padres e hospedaria Casa Marienau um curso de aperfeiçoamento para quarenta e cinco presbíteros do bispado de Erfurt em companhia de seu bispo, D.Warnke e do bispo auxiliar Hauke. O Pe. Lenz da Faculdade Teologia dos Palotinos fora o conferencista; os referidos presbíteros não só se sentiram bem acolhidos em Schoenstatt, senão que logo no início do curso pediram outrossim maiores informações a respeito do lugar e do Movimento Apostólico de Schoenstatt. Em 19 de fevereiro à noite empreenderam uma visita ao Monte Schoenstatt: a Igreja da Adoração, o túmulo do Pe. Kentenich e a Casa Pe. Kentenich foram as estações de "informação a respeito de Schoenstatt".

Obrigado, Ir. Lisann

Um grupo de alunos da Bélgica, a comemoração de um sexagésimo aniversário natalício, jovens de vários países – movimento como sempre na Casa Sonnenau por ocasião do primeiro aniversário da morte da Ir. Lisann, que ao longo de anos deu um caráter inconfundível de hospitalidade calorosa. "Ainda hoje quando penso em Schoenstatt, sinto a falta da Ir.Lisann", escreve Alan Cabello de San Luis Potosi por ocasião do aniversário da morte da Ir.Lisann. "Em Schoenstatt as transferências são tão repentinas! Ela, porém, permaneceu sempre aqui!" A missa dominical, 24 de fevereiro derradeiro, celebrada na Igreja dos Romeiros, foi outrossim em sufrágio por alma de Ir.Lisann. O Pe.Ludwig Güthein, assessor da Juventude Feminina de Schoenstatt, foi o principal celebrante, havendo igualmente concelebrado o Pe.Widmaier, diretor do grupo de assistência aos romeiros e Pe. Nöthen, reitor em Monte de Sion. O Pe. Güthlein tomou o evangelho do dia, por outra, o episódio da samaritana junto ao poço de Jacó e soube associar a dinâmica do diálogo – da preocupação com as necessidades naturais para as profundidades religiosas – com a atuação da Ir.Lisann. E muitos foram os que vieram participar nesta Santa Missa, seguindo-se de um almoço, servido na Casa de Sonnenau, em que marcaram presença parentes, funcionários, antigos e atuais, jovens, inúmeras Irmãs de Maria, entre as quais outrossim a nova assessora da Juventude Feminina, Ir.M.Anastásia e muitos outros. A fonte que se encontra na sala de entrada da Casa de Sonneau, a foto da Ir. Lisann e o livro de visitas evocaram-nos outrossim o estilo que ela impregnou na Casa Sonnenau e que aí permanece vivo de forma visível e tangível , bem como nas pessoas que prestam serviços na Casa de Sonnenau.

Tradução: Abadia da Ressurreição, Ponta Grossa, PR, Brasil

 

 

Zurück/Back: [Seitenanfang / Top] [letzte Seite / last page] [Homepage]
Impressum © 2008 Schönstatt-Bewegung in Deutschland, PressOffice Schönstatt, all rights reserved, Mail: Editor /Webmaster
Last Update: 04.03.2008