Nachrichten - News - Noticias
 published: 2007-11-09

É já uma bênção, só o fato de estarmos aqui

Peregrinação do Ramo das Mães da Cidade do Cabo, África do Sul, a Schoenstatt

 

Wallfahrt der Schönstatt-Mütter aus Kapstadt, Südafrika, nach Schönstatt

Peregrinación de la Rama de Madres de Ciudad del Cabo, Sudafrica, a Schoenstatt

Pilgrimage of the Mothers’ League from Cape Town, South Africa, to Schoenstatt

Wallfahrt der Schönstatt-Mütter aus Kapstadt, Südafrika, nach Schönstatt

 

Die Mütter singen gerne und haben ein großes Repertoire eigener Lieder

Cantando una de sus canciones maravillosas

Singing one of their beautiful songs

Die Mütter singen gerne und haben ein großes Repertoire eigener Lieder

 
Die Künstlerinnen: Beverley, Liedermacherin, und Vanessa, Schauspielerin  

Las artistas del grupo: Beverley, cantautora, y Vanessa, actriz

The artists of the group: Beverley, singer-songwriter, and Vanesa, actress

Die Künstlerinnen: Beverley, Liedermacherin, und Vanessa, Schauspielerin

 
Bei der Aufzeichnung ihrer Lieder für schoenstatt.de  

Durante la grabación de las canciones para schoenstatt.de

During the recording of their songs for schoenstatt.de

Bei der Aufzeichnung ihrer Lieder für schoenstatt.de

 
Alle hatten Jacken mit dem MTA-Bild darauf  

Todas tuvieron chaquetas con la Mater

All had jackets with the MTA

Alle hatten Jacken mit dem MTA-Bild darauf

 
Bei der Lesung in der Pilgerkirche

Leyendo la lectura en la Misa de peregrinos

In the Pilgrims’ Church: Reading

Bei der Lesung in der Pilgerkirche

Fotos: POS Fischer © 2007

Álbum de fotos – photo album – Fotoalbum

 
   

SCHOENSTATT, mkf: "Vir a Schoenstatt fora qual ingresso em novo mundo de amor e paz. O que em Schoenstatt vivenciei, despertou em mim a necessidade de rezar mais, e de viver mais profundamente minha fé, e de confiar simplesmente na Divina Providência", assim afirmara um das onze mães pertencentes ao Ramo da Mães do Movimento Apostólico de Schoenstatt na África do Sul que passaram dez dias em Schoenstatt , mais precisamente, entre o período de 25 de outubro a 4 de novembro derradeiro, quase em conjunto, o que fora a experiência de todas: Schoenstatt é uma experiência que supera todas as expectativas e transforma uma pessoa. Para quase todas estas mães, esta fora a primeira que pisaram o solo de Schoenstatt e que para a maior parte delas esta peregrinação lhes havia custado muitos sacrifícios para possibilitar a viagem: "Economizamos muito, lutamos muito e choramos muito." , diz Beverly April. "E foi valioso!"

Antes de virem para Schoenstatt , o grupo, acompanhado pela Ir.Marian Dunn, estive no Campo de Concentração de Dachau, onde o Pe. Kentenich permaneceu detido durante três anos. "Dachau foi uma experiência triste", assim diz uma das mães. "Todavia a fé e a bondade das pessoas, particularmente do Pe. Kentenich, causou em mim arrepios. Terei isso presente ao surgir-me na vida dificuldades e dureza. Desde que estive em Dachau, vejo o Pe. Kentenich com reverência e admiração", acrescenta Elaine Sylvester.

Este grupo de mães havia-se preparado intensivamente para esta viagem a Schoenstatt; quem economizou ao longo de vários anos – umas venderam bolos, outros fizeram horas extraordinárias para poderem vir a Schoenstatt - quer tirar proveito de cada minuto aqui passado. Cada uma das mães se havia preparado para falar a respeito de momentos significativos, de lugar e pessoas referentes à peregrinação – um enriquecimento recíproco que zela igualmente por uma atmosfera de seriedade e de informalidade. O Santuário-Original ,a Igreja da Adoração com o túmulo do Pe. Kentenich , seu quarto na Casa de Formação das Irmãs de Maria, a visita ao Santuário da Liga das Senhoras em pleno Jubileu,o Monte de Moriah, o Monte de Sião (com a Santa Missa no Santuário dos Padres de Schoenstatt) a visita à exposição sobre Mário Hiriart, a visita ao túmulo da Ir.Emilie... e bons períodos de tempo livre fizeram com esta peregrinação se tornasse uma experiência de Schoenstatt e de família. Inesquecíveis formam os "serões" com café e chocolate quente no saguão da Casa de Sonneau, os cânticos, as danças e as compras em Vallendar, Colônia e Boppard

"É já uma bênção, só o fato de estarmos aqui,. Foi-me renovada a fé!" , assim disse uma das mães. Ou, com uma das palavras predileta desta peregrinação: Wunderbaar! Admirável, maravilhoso.

Sente-se que se está pisando terra santa

"Sente-se que se está pisando terra santa", diz Vanessa Lee. É atriz profissional e cuida essencialmente de uma atmosfera descontraída e jovial entre o grupo. Seu apoio? "Sentimos a presença do Pe. Kentenich no Santuário de Canisiushof, antes de irmos para Dachau. Aí me emocionei. E depois quando nos encontramos no quarto do Pe. Kentenich e olhamos da janela, de que ele tantas vezes olhara. Aí tive a impressão de que seu olhar se inclinava para mim. Schoenstatt é o céu na terra. Admirável experiência!

Numa noite as mães encontravam-se reunidas na Casa de Sonneau, cantando, trocando impressões a respeito da viagem, rindo. Vocês estão preparadas para uma Live-Interview, agora? Entre risos e gracejos, dá-se então inicio à gravação. Qual foi a experiência que a mais impressionou em Schoenstatt ?

"Entrar no Santuário-Original e vivenciar o ser tão bem recebida em casa. Pode-se imaginar muitas coisas, mas é muito mais do que tudo isso.!" No olhar brilha algo vindo de uma emoção; a voz torna-se tremula. Nos rostos surge repentinamente um vislumbre como vindo do céu!

"Estar junto ao Pe. Kentenich e saber que ele é meu pai outrossim... E eu, sua filha!"

Cada dia, cada momento começando pela chegada a Canisiushof, passando pela nossa experiência de Dachau até ao nosso Pai Fundador e a MTA em todos os santuários, fora uma magnífica experiência, admirável, segundo Beverley April. "Levo para casa o prodígio de Schoenstatt. Neste mundo moderno e atarefado, Deus lança-nos o convite para repousarmos nele em Schoenstatt !"

Contar-lhe todos os meus problemas, permanecendo depois tão tranqüila

"Estar simplesmente na Igreja da Adoração e junto ao túmulo do Pe. Kentenich; e ter a sensação de poder falar com ele a respeito de todos os meus sentimentos de temores e de culpa permanecendo depois tão tranqüila como nunca!", isto descreve uma das mães como ápice bem pessoal em Schoenstatt vivido.

"Quando vou ao túmulo do Pe. Kentenich, nunca consigo conter as lágrimas!", confessa Elaine. "São lágrimas que não consigo descrever. Lágrimas de gratidão e de alegria. Seu amor para com Nossa Senhora, e como ela é a mãe perfeita! Amiúde outrossim somos chamadas a ser mães de outrem..."

"Tocar o túmulo do Pe. Kentenich" fora o momento mais emocionante para Alma Snyders e à pergunta o que ela leva consigo para casa, surge a presta resposta sem hesitação: " o Pe. Kentenich !"

Vivenciar o amor e ser aceita por um pai caridoso, um regresso a casa, um saber de que sou amada tal como sou", fora para Eliz Craig’s a experiência mais profunda que tivera em Schoenstatt . Nicola Rainnie, a participante mais jovem, sentira que "na Igreja da Adoração predomina uma atmosfera toda ela especial, sobretudo, na Capela do Fundador". Sua experiência mais profunda em Schoenstatt fora na Casa Pe. Kentenich: " Aí permaneci ante a estátua, diante da qual a mãe do Pe. Kentenich havia entregue o seu menino à custodia de Nossa Senhora. Quero voltar a rezar mais com os meus filhos, particularmente o Terço, e instituir um Santuário-Lar!" Isto é o que pretendem fazer várias das mães.

Em 4 de novembro derradeiro, o grupo participou na Missa dos Romeiros, tal como já ocorrera na Missa de todos os Santos,onde encontrara o grupo vindo de Merville, França – alegria singular para as mães da África do Sul, pelo fato de que pessoas do lugar em que José Engling oferecera a vida por Schoenstatt empreenderam agora uma peregrinação a Schoenstatt, ao lugar que tanto significara para ele e para elas.

E depois uma derradeira visita ao Santuário-Original, e a partida para o vôo de vinte e seis horas de regresso à Cidade do Cabo.

E que irão aí contar à Família de Schoenstatt ? "Vocês têm de fazer de tudo para poderem ir a Schoenstatt ; pois é uma experiência que jamais irei olvidar!"

Trad:Abadia da Ressurreição, Ponta Grossa, PR, Brasil

 

 

Zurück/Back: [Seitenanfang / Top] [letzte Seite / last page] [Homepage]
Impressum © 2007 Schönstatt-Bewegung in Deutschland, PressOffice Schönstatt, all rights reserved, Mail: Editor /Webmaster
Last Update: 07.12.2007